Buscar
  • Mostra de Cinema Negro São Félix

Conheça a curadoria da Mostra Competitiva 2020/2021



Conheça a seguir a equipe de curadoria das Mostras Competitivas Nacional e Infantojuvenil 2020/2021.


Allan Maia, cineasta cachoeirando formado em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB. É cofundador da produtora Travessia Filmes que nasce em 2016 afim de elaborar o audiovisual no território Cachoeirano dentro das perspectivas do seu povo e buscando uma linha de trabalho que traça um diálogo com o resgate da memória.


Evanize Essi, fotógrafa, montadora e colorista. Divide sua atuação entre cinema, programas televisivos e conteúdo para web. É bacharel em Cinema e Audiovisual pela UFRB.


Juh Almeida, ela é realizadora audiovisual e transita no universo da fotografia e do cinema. Um dos seus objetivos é subverter narrativas imagéticas descolonizando as telas e criando novos enredos e memórias.


Luciana Oliveira, cineasta, mestra em Cinema e Narrativas Sociais e co-idealizadora da EGBE - Mostra de Cinema Negro de Sergipe.


Yuri Costa, nascido em Nilópolis, periferia do Rio de Janeiro, é diretor, roteirista, montador e produtor, é formado em comunicação social na UFRJ e associado da APAN (Associação dxs Profissionais do Audiovisual Negro). Como realizador, dirigiu os curta-metragens "ELEGUÁ” (2018) e o terror “EGUM” (2019).


Tamires Jesus, moradora da Comunidade do Calumbi, Zona Rural de São Félix. Jornalista formada pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), possui experiência na área audiovisual. Atuou como repórter estagiária na UFRB TV entre os anos de 2018 à 2020. Fez estágio na área de Assessoria de Comunicação na PROEXT (Pró- reitoria de Extensão da UFRB) em 2018 e na DIMAS (Diretoria de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia- FUNCEB) no ano de 2019.

25 visualizações0 comentário